GRANDE ILHA -Apesar de se eleger para deputado federal com facilidade dentro da cota de reserva do grupo, Sarney Filho(PV) sempre foi o bastardo político da família.  Preterido em várias eleições,  perdendo sempre para Roseana Sarney(PMDB) nas eleições majoritárias no Estado, o homem apareceu em 2017 cobrando o quinhão   acumulado dos tempos de outrora.

A fatura de Sarney Filho chegou ao grupo -, não para somar, mas para dividir ainda mais a já combalida unidade que vem dificultando o projeto de poder. Pela importância do cargo que exercem, como convencer dois senadores (Edison Lobão e João Alberto)  a desistir do direito de disputar a reeleição? A cobiça do ministro do meio ambiente do Governo Temer(PMDB) só acirrou ainda a autofagia no grupo político.

Por está sempre no centro do poder e não ter o nome envolvido escândalos, Sarney Filho ganhou força dentro do grupo

São dois senadores querendo disputar a releição e o irmão ministro que saiu fortalecido na conjuntura. E na leitura dos bastidores se sabe que o grupo só elege  um.

Fonte: Blog do Varão

BNC Política

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.