BRASÍLIA – O técnico Tite segue ostentando números de respeito no comando da seleção brasileira. Com a vitória por 3 a 0 sobre a Venezuela, no domingo, na estreia na Copa América, ele alcançou mais uma marca expressiva: 100 gols de saldo.

Em 55 jogos sob o comando de Tite, a Seleção marcou 119 vezes e foi vazada em 19 oportunidades.

Em média, o Brasil fez 2,16 gols por partida desde que o treinador assumiu o cargo. Já a média de gols sofridos é de 0,34. Ou seja, um a cada três confrontos.

– Alto nível de equipe é criação e fazer gol. Solidez defensiva para não tomar gol. E é resultado, vencer. Quando se une os três fatores é alto nível – disse Tite, após a partida contra a Venezuela.

Agora, o treinador tem 41 vitórias, 10 empates e quatro derrotas pela Seleção. Desde a última terça-feira, quando ganhou do Paraguai pelas Eliminatórias, o técnico voltou a superar os 80% de aproveitamento no cargo (está em 80,6% atualmente).

Ele ficou abaixo deste patamar a partir do segundo semestre de 2019, quando a Seleção ficou cinco jogos sem ganhar, após o título da Copa América – a pior sequência de Tite no cargo.

O menor nível de aproveitamento foi batido após a derrota para a Argentina, em amistoso disputado em novembro de 2019: 77.30%. O levantamento é do site Futdados.

Embalado por oito vitórias consecutivas (seis pelas Eliminatórias, uma em amistoso e outra pela Copa América), o Brasil volta a campo na quinta-feira, quando enfrenta o Peru, às 21h, no Engenhão.

Fonte: GE

BNC Esportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.