Nepotismo: “Se eu puder dar o filé mignon para o meu filho, eu dou”, diz Bolsonaro sobre embaixada

BRASÍLIA – Em transmissão ao vivo pelo Facebook na noite desta quinta-feira (18), o presidente Jair Bolsonaro voltou a defender a indicação de seu próprio filho, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), para a embaixada do Brasil nos Estados Unidos.

A possível nomeação tem sido alvo de críticas de internacionalistas e diplomatas, que acusam o presidente de nepotismo. Ao longo dos últimos dias, Bolsonaro procurou enaltecer as supostas credenciais do filho para nomeá-lo como embaixador, mas desta vez escancarou que a medida visa beneficiá-lo – algo que, essencialmente, caracteriza o nepotismo.

Não satisfeito, Bolsonaro ainda foi além. “Se eu puder dar o filé mignon para o meu filho, eu dou”, declarou, ponderando, de forma incoerente, que não está sendo nepótico. “Mas não tem nada a ver com filé mignon essa história aí. É, realmente, nós aprofundarmos um relacionamento com um país que é a maior potência econômica e militar do mundo”, completou.

Guilherme Boulos@GuilhermeBoulos

Escandaloso! Bolsonaro admite querer beneficiar seu filho ao indicar para Embaixada. Não é nepotismo?4.54621:29 – 18 de jul de 2019Informações e privacidade no Twitter Ads1.486 pessoas estão falando sobre isso

Na quarta-feira (17), também defendendo a indicação do próprio filho para a embaixada, o presidente chegou a disparar contra outros embaixadores brasileiros que trabalharam em Washington.

“Não fizeram nada de bom desde 2003”, disse.

A declaração gerou inúmeras reações. Uma delas foi a do deputado federal Marcelo Calero (Cidadania-RJ), que é diplomata por formação e atuou na embaixada do Brasil no México.

“Inadmissível o ataque de Jair Bolsonaro aos valorosos Embaixadores que serviram nos EUA. É mesquinho e deplorável que, em defesa da imoral nomeação de seu filho, Bolsonaro se preste a esse papel odioso de ferir a reputação de servidores públicos honrados e a do Itamaraty”, escreveu o parlamentar pelo Twitter.

Para ser concretizada, a indicação de Eduardo Bolsonaro para a embaixada precisa ser aprovada pelo Senado.

Com Informações do Forum

BNC Mundo

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.