Maranhão teve avanço em ranking nacional de saúde entre 2022 e 2023

Estado saltou da nota 6,1 para 8,5, superando o Distrito Federal e os estados do Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul, segundo levantamento do programa Previne Brasil.

SÃO LUÍS – O Maranhão avançou do 16º para o 12º lugar no ranking nacional de saúde, do ano 2022 e 2023.

De acordo com o levantamento realizado pelo programa Previne Brasil, do Governo Federal, o Maranhão saltou da nota 6,1 para 8,5, superando o Distrito Federal e os estados do Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul.

Para a Secretaria de Estado da Saúde (SES), o dado reflete a melhoria dos índices de saúde no estado, com significativo progresso nos indicadores de atenção primária.

“Esse resultado é fruto dos investimentos contínuos do programa Cuidar de Todos e da entrega de equipamentos de saúde para os 217 municípios do estado. Estamos criando um cenário muito promissor para 2024, 2025 e 2026”, destacou Carlos Brandão.

A subida no ranking representa melhores práticas na qualidade de atenção primária à saúde e na cobertura da população, e, ainda, comprova os resultados positivos dos investimentos que vêm sendo feitos.

Mais de 859 mil equipamentos, insumos e kits de saúde bucal já foram entregues para os 217 municípios maranhenses, beneficiando mais de 2 mil Unidades Básicas de Saúde (UBS) e 2.540 equipes de Saúde da Família no estado.

O programa apresenta eixos como “Atenção Primária”, “Ações de Saúde”, “Oftalmo”, “Saúde Animal”, “Cirurgias”, “AVC – Cada Segundo Importa” e “Telemedicina”.

O governador Brandão ressaltou ainda que o Maranhão está no caminho para alcançar números históricos na saúde preventiva, reafirmando o compromisso do governo com a melhoria contínua dos serviços de saúde pública em todos os municípios maranhenses.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x