A pergunta que vai perturbar Tite pelo resto de seus dias; e que nem ele saberá responder

QUATAR – Desde que foi encerrada a disputa de pênaltis no jogo desta sexta-feira (9), que eliminou a Seleção Brasileira contra a Croácia, válida pelas quartas de finais da Copa do Catar, uma pergunta tem sido repetida exaustivamente.

A lista de batedores de pênaltis não é mais pré-definida e pode mudar a qualquer momento. Posto isto, por que Tite, o treinador da Seleção Brasileira, colocou Neymar para ser o último batedor, e não antes, já que ele sabia que havia a chance de não chegar ao último penal?

Por que Tite optou por colocar Rodrygo, de apenas 21 anos, um jogador iniciante em Copas do Mundo, para bater – e errar – o primeiro pênalti?

Retranca e pênaltis

A Seleção Brasileira jogou bem contra a Croácia, um time forte e sabidamente retranqueiro, que consegue os resultados (foi vice-campeão na Copa de 2018) jogando apenas na defesa e no contra-ataque.

Foram criadas várias chances de gols. Neymar fez um golaço, mas o time não conseguiu segurar o resultado, levando a partida para os pênaltis.

Fica a pergunta, que talvez Tite nunca consiga ou se preocupe em responder.

BNC Esporte

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.