Prefeito Dutra recebe ambulância e anuncia que licitará mais duas

GRANDE ILHA – Uma boa notícia aos luminenses. O município de Paço do Lumiar passou a contar com mais uma ambulância para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). A entrega foi realizada nesta terça-feira, 3 de julho, no Palácio dos Leões, ao prefeito Domingos Dutra (PCdoB) pelo governador Flávio Dino (PCdoB) e pelo representante da empresa Raízen, que está implantando uma base de distribuição de combustíveis na área industrial de São Luís e deu como contrapartida social 12 ambulâncias para municípios maranhenses, entre eles Paço do Lumiar.

“Esta ambulância será destinada ao SAMU de Paço do Lumiar, que atualmente tem duas. Vamos substituir a mais simples por esta. Estamos ainda licitando mais duas ambulâncias. Uma será para a sede do município e atenderá à zona rural, à população da sede, Mojó, Timbuba, Tendal, Iguaíba, Mercês, Cururuca e Pau Deitado. E a outra atenderá à população da área urbana. Paço do Lumiar terá cinco ambulâncias”, informou o prefeito Domingos Dutra, que estava acompanhado da vice-prefeita Maria Paula Azevedo, do secretário de Saúde, Juarez Lima, do adjunto Elizeu Costa e de servidores do município.

O prefeito anunciou ainda que a Prefeitura de Paço do Lumiar está licitando outros equipamentos para melhorar o atendimento nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município. “Daqui a alguns dias entregaremos as UBS’s das Mercês e da Maioba. Ainda este ano entregaremos a UBS Novo Horizonte e, em breve, iniciaremos o processo de construção da UBS da Vila Nazaré para completar essa rede de atenção básica à saúde no município”, enumerou o prefeito Dutra.

UPA e maternidade

O prefeito informou também que já foram recomeçadas as obras da UPA do Maiobão e do hospital-maternidade, que funcionará no local da Unidade Mista, na Avenida 13 do Maiobão, cuja ordem de serviço foi assinada desde março pelo governador Flávio Dino.

“O Governo do Estado já reiniciou as obras do hospital-maternidade. A empresa que ficou em segundo lugar está fazendo de tudo na justiça para anular a licitação. Ela recorreu, a obra ficou parada, o Tribunal de Justiça cassou a liminar e a obra recomeçou. Mas agora há outra reclamação da mesma empresa no TCE, o que pode atrasar as obras novamente”, detalhou o prefeito Dutra.

Segundo o prefeito, esses percalços nas obras do hospital-maternidade são obstáculos que atualmente muitos gestores têm de enfrentar. “Diante de suas necessidades, a população não entende, não compreende que há muitos problemas que não dependem da nossa vontade. Nós, gestores, estamos nas mãos da burocracia que acaba impedindo que se atenda à população na rapidez com que se quer”, resumiu o prefeito Domingos Dutra.

BNC Cidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.