VETADO: Pedro Fernandes não será ministro, e aumenta o constrangimento do governo Temer

GRANDE ILHA – O velho Sarney ainda demonstra força apesar da idade e de não ocupar cargo público. Já estava tudo certo para um antigo, mas agora ex aliado Pedro Fernades do PTB do Maranhão assumir o Ministério do Trabalho, mas na hora H, o velho homem do Maranhão vetou o deputado.

Apesar de falar por meio de assessoria que não houve a sua intervenção, mas nos corredores do Planalto é que a ordem veio dele sim, alegando que o novo ministro poderia potencializar  o seu adversário Flávio Dino, ai o Temer um ser fragilizado e em fim de mandato recuou na indicação e já mandou avisar que não vai ter posse.

Esse é o tipo de figura que o Estado do Maranhão não suporta mais, e ainda tem figuras da própria imprensa que fala bobagem, e diga-se  passagem muita bobagem.

Arantes cobrou uma explicação por parte do Planalto. Jovair Arantes participou da audiência entre Temer e presidente do PTB, Roberto Jefferson, na qual Ronaldo Nogueira pediu demissão. Na mesma reunião, a cúpula do PTB apresentou ao presidente da República o nome de Pedro Fernandes para o Ministério do Trabalho.

Segundo informações Pedro  Fernandes fez parte do grupo político de Sarney, tanto que chegou a ocupar duas secretarias estaduais no governo de Roseanna Sarney (PMDB-MA). No entanto, depois que Flávio Dino foi eleito governador, o deputado do PTB teria mudado de lado, aderindo ao clã do governador do PC do B.

BNC Política

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.