FLORIANÓPOLIS – O Sampaio Corrêa está se confirmando como grande candidato ao acesso. O time maranhense reassumiu a vice-liderança da Série B do Campeonato Brasileiro ao derrotar o Figueirense, de virada, por 2 a 1, na noite desta segunda-feira, no Orlando Scarpelli, em Florianópolis, pela 23ª rodada.

Com o resultado, o Sampaio chegou aos 40 pontos, sete a menos do que a líder Chapecoense, mas abrindo três do Cuiabá, quinto colocado. O Figueirense, por outro lado, foi para o seu sexto jogo sem vitória e ficou dentro da zona de rebaixamento, em 18º, com 20. O Vitória, primeiro fora da zona da degola, tem 25.

Sem Léo Condé, que precisou entrar em quarentena após teste por COVID-19 apresentar resultado inconclusivo, o Sampaio Corrêa teve o auxiliar Renatinho no banco de reservas. No entanto, a postura da equipe não foi a esperada no primeiro tempo. Logo aos quatro minutos, Diego Gonçalves puxou contra-ataque e acionou Lucas Barcelos, que tirou do goleiro e mandou para o fundo das redes.

Publicidade

O Figueirense tentou se aproveitar do “apagão” do Sampaio. Gustavo foi tentar driblar Diego Gonçalves e quase se complicou. O goleiro conseguiu dar volta por cima aos 43 minutos. Luis Gustavo colocou a mão na bola dentro da área, pênalti. O próprio Diego Gonçalves foi para a cobrança, mas parou no camisa 1.

Do outro lado, Sidão também foi um dos destaques. O ex-goleiro do São Paulo fez duas importantes defesas para evitar o empate. Na primeira, se esticou todo para salvar um arremate de Roney. Depois, brilhou ao segurar uma tentativa de Marcinho. Os arqueiros foram o ponto atual da etapa inicial.

No segundo tempo, o Sampaio Corrêa acordou e saiu em busca do empate. O time maranhense montou uma ‘blitz’ na entrada da área adversária e empurrou o Figueirense para a defesa. Foi uma chance atrás da outra, até que Marcinho cobrou falta com perfeição e deixou tudo igual, aos 20 minutos.

Após o gol, o jogo ficou aberto. Nicholas arriscou pelo lado do Figueirense, mas parou em Gustavo. Sidão também teve trabalho. O goleiro fez um milagre em nova cobrança de falta. Quando tudo indicava que o jogo terminaria empatado, o Sampaio Corrêa buscou a virada. Diego Tavares achou Jackson dentro da área. Mesmo puxado, o atacante conseguiu fazer a finalização para dar números finais ao confronto.

Na próxima rodada, o Figueirense enfrenta o Botafogo na quinta-feira, às 21h30, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC). Na sexta, às 19h15, o Sampaio Corrêa recebe o Brasil no Castelão, em São Luis (MA).

FICHA TÉCNICA:

FIGUEIRENSE 1 x 2 SAMPAIO CORRÊA

FIGUEIRENSE – Sidão; Thiaguinho (Jhonatan), Guilherme Teixeira, Vitor Mendes e Renan Luís; Patrick, Elyeser (Marquinho), Léo Artur (Dudu) e Bruno Michel (Nicholas); Diego Gonçalves e Lucas Barcelos (Gabriel Barbosa). Técnico: Jorginho.

SAMPAIO CORRÊA – Gustavo; Luis Gustavo (Joazi), Flávio Boaventura, Daniel Felipe e Marlon; Ferreira (Léo Costa), Vinícius Kiss e Marcinho (Dione); Gustavo Ramos (Diego Tavares), Caio Dantas (Jackson) e Roney. Técnico: Léo Condé.

GOLS – Lucas Barcelos, aos 4 minutos do primeiro tempo. Marcinho, aos 20, e Jackson, aos 46 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Guilherme Teixeira, Elyeser, Nicholas, Marquinho, Renan Luis e Thiaguinho (Figueirense); Ferreira (Sampaio Corrêa).

ÁRBITRO – Marco Aurelio Augusto Fazekas Ferreira (MG).

RENDA E PÚBLICO – Jogo sem torcida.

LOCAL – Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC).

BNC Esportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.