Renovação de espaços, segurança e diversão fazem Centro Histórico renascer

GRANDE ILHA – Está na boca do povo: é o Novo Centro Histórico. A região que passou muito tempo abandonada em São Luís já vinha ganhando novo fôlego nos últimos anos, mas agora bombou de vez.

É só ir às ruas do Centro e ver o tanto de gente que vem circulando. Grande parte, claro, vem interessada em curtir o clima de São João e fazer fotos e vídeos com as bandeirinhas da Praia Grande.

Mas não é só isso. A região tem atraído com consistência um público fiel. Isso se deve principalmente aos investimentos feitos no Centro Histórico nos últimos anos.

Entre os investimentos, está a melhoria na segurança. Para este São João, por exemplo, serão mais de 80 policiais do Batalhão de Turismo por dia, com o uso de viaturas, motocicletas e policiais a pé, em pontos estratégicos de monitoramento, fazendo rondas e vistorias, além de orientar o público.

O Centro Histórico também está mais limpo. A Blitz do Turismo intensifica a limpeza principalmente em épocas festivas.

E os investimentos ainda incluem, claro, a entrega de novos locais de cultura, lazer e conhecimento. E a renovação de espaços públicos também. Veja abaixo alguns desses lugares:

Segurança e limpeza contam muito para atrair o público (Foto: Divulgação).

Museu do Reggae – Entregue há pouco mais de dois anos pelo Governo do Maranhão, é o único museu desse tipo fora da Jamaica. O local faz jus à fama de São Luís como Jamaica brasileira. Localizado na Rua da Estrela, o Museu fica aberto para visitação de terça a sábado, das 10h às 20h e aos domingos, das 9h às 13h.

Casarão Tech – É um espaço mantido pelo Governo do Estado para incentivar as startups e as novas iniciativas desde o início de 2018. A ideia é que funcione como um centro de inovações tecnológicas. Fica na Rua da Estrela.

Casa do Tambor de Crioula – Inaugurada em julho de 2018, é um centro de referência dessa cultura popular maranhense, uma dança circular marcada pela percussão de três tambores artesanais cobertos de couro e afinados a fogo. Fica na Rua Portugal, Nº 309. Visitação de terça à sábado, das 9h às 18h, e domingo, das 9h às 13h.

Edifício João Goulart – Está em fase final de reforma completa, na Praça Dom Pedro II, recuperando um prédio simbólico e importante que passou décadas esquecido. Vai abrigar órgãos do Governo do Estado que atualmente ficam em edifícios alugados. Ou seja, vai economizar dinheiro público e incentivar ainda mais a ocupação do Centro.

Palácio dos Leões – Antes de 2015, a sede do Governo do Estado tinha horários restritos de visitação. Hoje, funciona de terça a domingo, o dia inteiro. A área de visitação abrange os salões nobres com exposições permanentes de obras dos séculos 18 ao 20. Mobiliário, telas, porcelanas, esculturas, pratarias e gravuras são algumas das peças encontradas durante a visitação mediada. Fica na avenida D. Pedro II, S/N. De terça a sexta, das 9h às 18h; sábado e domingo, das 9h às 17h.

Pôr do Sol – Com o Novo Centro mais seguro e programações musicais, o pôr do sol ao lado do Palácio dos Leões se tornou programa obrigatório para muitos. É uma ótima pedida para terminar o dia ou para começar a agitação da noite.

Feirinha da Benedito – Já se consolidou como ponto de encontro, lazer e alto astral de São Luís. É organizada todos os domingos, de manhã e à tarde, pela Prefeitura de São Luís, com programação musical diversificada. Fica na Praça Benedito Leite.

Teatro Arthur Azevedo – Um dos mais belos teatros do País foi completamente recuperado e entregue em 2017, devolvendo um importante patrimônio à população. Fica na Rua do Sol, 132.

Teatro Alcione Nazaré – Foi totalmente revitalizado em 2017 pelo Governo do Estado. Fica dentro do Centro de Criatividade Odylo Costa Filho, na rampa do Comércio, 200.

Centro de Artes Cênicas – Também completamente reformado pelo Governo maranhense em 2017. Fica na Rua Santo Antônio, 166.

Casa Josué Montello – Após dois anos fechada, foi entregue no fim de 2016. São quase 30 mil livros e mais de 2 mil fotografias, totalizando um acervo de aproximadamente 60 mil itens. Fica na Rua das Hortas, 508

Convento das Mercês – A reforma foi entregue no fim de 2016, com recuperação estrutural. Fica na Rua da Palma, 502. Visitação: segunda a sexta-feira, das 8h às 19h, sábados das 8h às 12h.

Escola de Música do Maranhão – Foi feita uma série de reparos para melhorar as condições de ensino. Fica na Rua da Estrela, 363.

As visitas também podem ser agendadas pelo site cultura.ma.gov.br

BNC Cultura

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.