GRANDE ILHA – O Hospital Universitário da UFMA se mobilizou mais uma vez para ajudar os amazonenses que enfrentam uma grave crise de saúde pública. Dessa vez não foi para receber mais pacientes, mas sim enviar insumos que ajudarão no combate à Covid 19.

O HU-UFMA doou mais de 400 mil reais entre os itens: medicamentos, materiais médico-hospitalares e equipamentos de proteção individual (EPI’s). Todo o material foi separado e embalado no almoxarifado da Unidade Materno Infantil. O montante pesou quase quatro toneladas, totalizando 21 paletes com aproximadamente 42 metros cúbicos de área.

Por volta das 13h30 o caminhão da transportadora seguiu para o aeroporto internacional de São Luís, Marechal Cunha Machado, com os materiais que irão partir de avião amanhã pela manhã rumo a Manaus. Toda a operação contou com o apoio logístico do Ministério da Defesa e do Ministério da Saúde.

Segundo o gerente administrativo do HU-UFMA, Eurico Santos Neto, a doação desse quantitativo não afetará o dia a dia da Instituição. “Nós pegamos a padronização de medicamentos e itens relacionados à Covid, e retiramos do nosso estoque. Ah mais vai faltar para o HU-UFMA? Não, porque desde o início da pandemia nós reformulamos todos os nossos planejamentos da cadeia de suprimentos e abastecemos o hospital de forma estratégica, o que gerou essa possibilidade de atender Manaus. Nós também conversamos com os fornecedores para caso precise um dos itens, a gente tenha prioridade de atendimento já que cedemos os materiais.” explicou Eurico.

A superintendente do HU-UFMA, Joyce Santos Lages, ressaltou a importância de ajudar nesse momento de grande dificuldade para a população amazonense. “O hospital é um lugar voltado para o cuidado da saúde da população brasileira, por isso não podíamos deixar de ajudar também dessa forma neste momento de extrema necessidade em que se combate um inimigo invisível. Seguimos firmes com a missão de salvar vidas, sejam elas maranhenses ou amazonenses.”

O reitor da UFMA, Natalino Salgado Filho, aproveitou para destacar a mobilização de toda a comunidade universitária. “Esse é um momento de união, de juntar forças para combater o vírus e ajudar nossos irmãos do Norte. Sabemos do esforço de cada um para montar essa corrente de solidariedade e de amor ao próximo, desde a recepção dos pacientes até a logística e organização dos materiais que serão doados. Esse é o nosso compromisso maior, somos serviço público e devemos atender a todos sem distinção.”

BNC Cidades

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.