CAXIAS – O diretório municipal do Partido dos Trabalhadores em Caxias decidiu na manhã deste sábado (22), pela composição com o prefeito Fábio Gentil (PRB) com vistas às eleições de novembro.

A decisão foi aprovada por unanimidade por todos os membros do diretório que participaram do evento.

Até mesmo os filiados que se movimentavam para uma aventura sem sentido de candidatura própria a prefeito de Caxias, que teria Chico Sousa na cabeça de chapa e Ney Jefferson como candidato a vice-prefeito, numa chapa puro-sangue, se abstiveram de votar ou de defender a tese da candidatura própria.

Chico Sousa chegou a contestar o regimento interno, mas seus argumentos foram rejeitados pela maioria dos membros do diretório e o mesmo deixou o encontro sem defender a sua tese de candidatura própria.

Mesmo com pretensões de ser candidato a vice-prefeito de Chico Sousa, Ney Jefferson não compareceu ao encontro, deixando seu companheiro na empreitada enfrentar sozinho o dissabor da contrariedade dos companheiros de partido.

O encontro de tática eleitoral do PT caxiense contou com a participação do vice-presidente estadual da sigla, Genilson Roberto Alves Silva. O dirigente estadual defendeu a decisão tomada pelo diretório municipal. “É uma posição que foi tomada pela grande maioria do diretório municipal, que se manifestou favorável a uma aliança [com o PRB] e principalmente o desejo dos pré-candidatos a vereador, que colocaram bem claro que só seriam candidatos nessa conjuntura de composição com o PRB”, avaliou Genilson.

Questionado se essa decisão municipal poderia ser modificada pela direção nacional, o vice-presidente estadual foi enfático: ““Nós não acreditamos, pois como foi transmitido [pela internet] com acompanhamento da secretária nacional Sônia Braga, ela pôde se apropriar das informações, dos elementos de informação”.

Segundo o dirigente estadual, a composição com o PRB em Caxias, que acontece em dezenas de cidades do Maranhão, é uma política voltada para eleger vereadores do PT e tem a aprovação do único deputado federal do partido. “Com o nosso único deputado federal, deputado Zé Carlos também defendendo essa composição, uma composição que está acontecendo no Maranhão inteiro, onde 26 municípios do Maranhão terá a composição PT-PRB”.

“A tática que foi aprovada é uma tática que visa fortalecer o Partido elegendo vereadores”, defendeu Genilson Alves, cuja importância no diretório estadual encerra de vez as pretensões da dupla Chico Sousa/Ney Jefferson e finalmente o PT caxiense fica livre para tentar eleger representantes na Câmara Municipal de Caxias.

Fonte: Blog do Sabá

BNC Política

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.