GRANDEILHA – Por meio de Projeto de Lei nº 77/21, o vereador Raimundo Penha (PDT), sugere estabelecer a obrigatoriedade dos hospitais e maternidades públicas e privadas de São Luís a prestarem aos pais e responsáveis, treinamento e capacitação sobre primeiros socorros em casos de engasgamento, aspiração de corpo estranho, asfixia e prevenção de morte súbita de recém-nascidos.

O projeto destaca que os pediatras relatam que são frequentes casos de engasgamento em bebês com leite materno, com líquido e até mesmo com a própria saliva. E este fato pode ter sérias consequências levando até mesmo a morte do recém-nascido.

“Daí a importância que os pais e responsáveis tenham conhecimento e domínio das técnicas simples de intervenção nesses casos, bem como os cuidados fundamentais de prevenção”, declarou o Raimundo Penha no projeto.
Ainda conforme o projeto, os hospitais e maternidades poderão optar por fornecer a capacitação para primeiros socorros individualmente, ou em turmas aos pais, mães ou responsáveis por recém-nascidos.

BNC Política

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.