GRANDE ILHA – Em entrevista, ao programa Ponto Final da rádio Mirante AM, o pré-candidato do PSOL à prefeitura de São Luís, jornalista Franklin Douglas, criticou duramente a atual gestão municipal, e destacou as 13 audiências que o partido já realizou  junto a diversos segmentos da sociedade, com o objetivo de construir um programa de governo sintonizado com as reais demandas da população.

Durante o programa, que é apresentado pelo radialista Jorge Aragão, Franklin Douglas, comparou a prefeitura de São Luís a um trem, onde o maquinista passou 7 anos e meio sem cuidar da máquina, se preocupando só com a 1ª classe, e os outros vagões ficando por conta do descaso.

Para ilustrar o trem, o pré-candidato iniciou citando o  vagão da educação, onde, das 268 escolas municipais, 80% têm problemas de infraestrutura, precisam de manutenção. Afirmou ainda que desde o início da pandemia não há uma só aula nas escolas. “A nota da prefeitura em educação é muito baixa”, lamentou.

No vagão da saúde, o entrevistado recordou o fato ocorrido com o secretário da pasta, que “praticamente saiu pelas portas do fundo, sob suspeita de desvio de recursos. Não deixaram nem ele se explicar, apenas abafaram o caso para não interferir na campanha”, disse.

Franklin, que foi secretário de trabalho no governo Jackson Lago, chamou a atenção para a questão do desemprego na cidade. “No vagão do emprego os dados registram que 122 mil pessoas recorreram ao auxílio emergencial em São Luís, ou seja, mais de 120 mil desempregados. “A política da prefeitura não tem efetividade na área de trabalho e renda”, disse.

Segundo o pré-candidato, no meio ambiente, no que toca ao saneamento básico, são disponibilizado no orçamento da prefeitura R$ 189 milhões, mas a cidade só trata 34% do seu esgoto, por isso as praias poluídas. “Nós nos comprometemos construir 4 estações de esgoto para São Luís, para transformar essa situação”, frisou.

Durante o programa, o pré-candidato também criticou a Câmara Municipal, lembrou que até hoje, a Câmara Municipal não chamou os aprovados no concurso, o qual a justiça teve que interferir para ser realizado. “São Luís não aceita mais esse tipo de câmara municipal, ela precisa ser renovada. O PSOL está com uma chapa de vereadores bem representativa, busquem conhecer  os candidatos do partido”.

Para elaboração do seu programa de governo, o partido já realizou 13 webinários, onde especialistas de diversos segmentos da população debateram com os participantes problemas e soluções para melhoria da cidade.

BNC Política

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.