IMPERATRIZ – O Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal do Maranhão (PPGCom) do Câmpus de Imperatriz lançou recentemente um projeto cuja ação prevê a cobertura e divulgação das atividades de pesquisas desenvolvidas no programa, chamado de PPGCom Home Office, que vai divulgar, toda segunda-feira, matérias com pesquisas e trabalhos científicos desenvolvidos pelos professores e discentes do curso durante a pandemia, além de dar visibilidade às pesquisas cientificas desenvolvidas na cidade no período da pandemia da Covid-19.

O PPGCom Home Office produzirá materiais jornalísticos sobre ciências e tecnologia e tomará como referência a produção dos pesquisadores do programa desenvolvida de maneira remota, diretamente da casa dos participantes do projeto, de acordo com as orientações sanitárias e a orientação normativa, como determina a Instrução Normativa n° 19/2020.

Para a coordenadora do projeto, Thaisa Bueno, a ideia de criar esse projeto veio justamente do início do trabalho remoto, uma vez que os professores têm desenvolvido várias atividades de pesquisa, orientação e projetos. “Há uma demanda de trabalhos de pesquisas bem grande, mas que ficava solta no âmbito só dos grupos de pesquisa, e a sociedade, de maneira geral, nem sempre ficava sabendo do que a gente fazia, então a gente resolveu organizar o projeto, de modo que tivesse vazão para divulgar esse trabalho sistematicamente”, completa  a coordenadora.

O objetivo do projeto vai para além de divulgar reportagens produzidas por alunos, orientandos e  professores. A intenção é evidenciar ainda mais a importância da pesquisa, dos estudos em andamento para a sociedade, pois a proposta é aproveitar o momento e promover mais aproximação entre o conhecimento produzido pela Universidade e a população.

As matérias serão publicadas semanalmente, sempre na segunda-feira, por volta das 10h, no site do programa e nas redes sociais Instagram e Facebook. O projeto tem dois professores responsáveis e conta com a participação de cinco discentes bolsistas do programa  e uma aluna da graduação em Comunicação – Jornalismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.