ESTADOS UNIDOS – Um homem do Mississippi, nos EUA, que sofreu um coágulo sanguíneo depois de receber a vacina da Johnson & Johnson contra a Covid-19, ficou com metade do corpo paralisado e não consegue andar, relata o NY Post.

Brad Malagarie, de 43 anos, sofreu um AVC cerca de quatro horas depois de lhe ter sido administrada a vacina.

A sua tia conta que os médicos perceberam que algo não estava bem com Brad e concluíram que ele sofreu um AVC em resultado de um coágulo sanguíneo no cérebro.

A família refere que o homem tomava medicação para a pressão, mas que tirando isso era uma pessoa perfeitamente saudável. Desde este episódio, Brad ficou paralisado do lado direito do corpo e os médicos não sabem quanto tempo demorará até que recupere.

Numa página de angariação de fundos criada pela família, conta-se que o homem está internado no hospital sem conseguir andar e falar. Quando receber alta, terá de ser transferido para um centro de reabilitação para voltar a aprender andar.

Vale lembrar que os EUA suspenderam a administração da vacina depois de seis mulheres, entre os 18 e os 48 anos, terem desenvolvido coágulos sanguíneos após serem inoculadas com o fármaco da J&J. Uma morreu.

BNC Mundo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.