GRANDE ILHA – A Secretaria de Estado da Saúde (SES) iniciou, nesta semana, a entrega de equipamentos de proteção individual (EPI) às unidades hospitalares que realizam atendimento a pacientes suspeitos ou diagnosticados com coronavírus (Covid-19). O objetivo é garantir a segurança dos profissionais de saúde que atuam no atendimento direto à população, evitando que eles sejam infectados e contribuindo, assim, para a redução do número de casos positivos para a doença. 

“Estamos só no começo desta luta, mas é protegendo os nossos profissionais de saúde que vamos proporcionar tratamento adequado a todos que precisarem de atendimento. Reforço ainda o pedido para que as pessoas fiquem em casa, uma atitude simples que pode salvar a vida de milhares”, afirmou o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula. 

Fazem parte do kit de proteção macacões impermeáveis, óculos especiais, protetor facial, luvas, máscaras N95. A distribuição dos EPIs abrangerá as Unidades de Pronto Atendimento e hospitais de referência na capital, bem como todas as unidades macrorregionais e regionais instaladas no interior do estado, sobretudo os municípios que dispõem de Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192). 

Atualmente, o Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS) da SES acompanha 302 casos suspeitos. Até o momento, o Maranhão está com 8 casos confirmados para Covid-19, todos em isolamento domiciliar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.