GRANDE ILHA – Serviços na Rua Grande chegam à oitava quadra da via. Depois de seis quadras com serviços estruturais já concluídos, quatro já entregues, a obra está em andamento no restante do trecho da rua, considerada a maior área comercial da cidade. O trabalho apresenta resultados positivos e segue o cronograma para conclusão da obra de requalificação, que está sendo executada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em parceria com a Prefeitura de São Luís. Ao todo são dez o número de quadras da principal rua comercial do Centro de São Luís que vão receber obras de requalificação. 

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior destaca o avanço do trabalho. “Com a entrega das primeiras quadras já é possível ver como vai ficar a Rua Grande em toda sua extensão quando todo o serviço for concluído. Estamos acompanhando cada etapa do trabalho que faz parte de um grande pacote de obras executado pelo Iphan em parceria com a Prefeitura – a exemplo da requalificação das Praças Panteon, Deodoro e Pedro II – que têm um impacto positivo na vida da cidade, para a população, para o turismo e para o comércio. As obras da Rua Grande irão impactar, sobretudo no comércio local”, destacou o gestor municipal completando que todas essas obras são um marco histórico para a cidade. 

Na Rua Grande, os serviços estão em andamento nas sétima e oitava quadras. O trabalho de calçamento na sétima quadra já foi concluído e nesse trecho da via equipes executam obras de preparo para a pavimentação com o concreto intertravado. Na oitava quadra estão sendo finalizados serviços de drenagem que, assim que concluídos, a obra segue para a nona quadra – entre a Travessa da Passagem e a Rua Godofredo Viana – com a demolição e retirada dos paralelepípedos para início dos serviços de saneamento.

O superintendente do Iphan no Maranhão, Maurício Itapary, destaca que a obra tem o objetivo de beneficiar a população. “Nossa intenção é dar ao Centro de São Luís maior acessibilidade, favorecendo tanto os consumidores quanto quem trabalha pelo local. Estamos avançando conforme o cronograma”, disse o superintendente, que lembrou ainda que a reforma das praças Deodoro e Panteon também fazem parte desse trabalho de revitalização.

A requalificação para a Rua Grande, propõe o conjunto de soluções urbanísticas e arquitetônicas que visam também promover a acessibilidade. A proposta de revitalização da área busca integrar os princípios da acessibilidade universal ao desenho urbano. Dessa forma, com a execução do projeto, estão sendo retirados os obstáculos, com redução dos desníveis de acesso aos imóveis para permitir a locomoção do pedestre sem restrições. 

Na Rua Grande, os serviços estruturais já foram finalizados até a sexta quadra, que aguarda a instalação da iluminação e do mobiliário urbano. Até a quinta quadra, além dos serviços de iluminação, a área recebeu, entre outros serviços, novo piso de bloquete intertravado, sistema de esgotamento sanitário, obras de drenagem profunda e instalação elétrica subterrânea.

Também já foram instalados, até a quinta quadra, os conjuntos de bancos que integram elementos do mobiliário urbano do projeto de revitalização da Rua Grande. De acordo com o projeto, serão instalados em média quatro bancos por quadra. Os assentos são confeccionados em madeira tratada, com elementos em aço corten, muito utilizado na construção civil e que apresenta três vezes mais resistência à corrosão que o aço comum.

BNC Cidades

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.