Com mão de obra carcerária, rua de escola foi pavimentada com 10 mil blocos de concreto

????????????????????????????????????

GRANDE ILHA – Foram necessários 10 mil blocos de concreto sextavados para pavimentar a Rua Santa Bárbara, no bairro Pau Deitado, em Paço do Lumiar. Todas as peças foram produzidas no Sistema Penitenciário do Maranhão e assentadas por 15 recuperandos da Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (Apac) de São Luís.

A pavimentação da rua se deu por meio da parceria entre as Secretarias de Estado de Administração Penitenciária (Seap) e de Educação (Seduc), em virtude da reforma do C. E. Pires Collins, situado no mesmo endereço. A rua pronta foi inaugurada, essa semana, pelos respectivos secretários de Estado e prefeito do município.

“Foram 120 metros de rua pavimentados em 15 dias. Tenho certeza de que a comunidade, alunos e professores jamais esquecerão o fato de que a tão aguardada obra foi feita graças a um trabalho sério de reintegração social, promovido pelo Governo do Estado”, destacou o secretário da Seap, Murilo Andrade de Oliveira.

A exemplo das fábricas do sistema prisional convencional, a produção das peças utilizadas na Rua Santa Bárbara foi feita pelos recuperandos da Apac de São Luís. Ao todo, são oito fábricas de blocos de concreto no sistema prisional que abastecem o Rua Digna, programa do Governo que pavimenta ruas de comunidades carentes.

Secretários Felipe Camarão e Murilo Andrade ouvem depoimento de aluna grata pela reforma da rua e escola (Foto: Clayton Monteles)

Apesar da obra em Paço do Lumiar não integrar o programa coordenado pela Secretaria de Estado de Trabalho e Economia Solidária (Setres), a Rua Santa Bárbara foi um das que receberam as peças produzidas no sistema prisional. Por mês, são mais de 120 mil blocos de concreto produzidos para benefício de centenas de famílias.

Quem já mora na localidade há décadas e sempre lutou para que a intervenção acontecesse, comemorou. “São mais de 40 anos, esperando por este dia. Dá para perceber que existe, de fato, interesse por parte do Governo do Estado em nos ajudar”, afirma o presidente da união de moradores, Aguinaldo Reis.

A obra de pavimentação em Paço do Lumiar foi uma das 18 frentes de trabalho em curso na capital, com mão de obra carcerária. Na última semana, foram iniciadas as reformas do C.E. Prof. Ignácio Rangel (Cidade Operária); “Farol do Saber” (Pedrinhas); espaço do antigo “Circo da Cidade” (Beira-Mar); e a área externa de três Galpões Multiuso do Complexo Penitenciário São Luís.

Na inauguração, ao lado do prefeito Domingos Dutra, o secretário da Seduc, Felipe Camarão, lembrou que a dignidade proposta pela gestão estadual precisa ser para todos. O titular da Seduc destacou que a pavimentação de ruas e revitalização de escolas proporcionam dignidade e mudança de vida para a população.

“O trabalho de ressocialização de internos, desenvolvido pelo Governo do Maranhão, é fantástico, pois, além de dar para essas pessoas oportunidades para uma mudança em suas vidas, proporciona melhorias para a população. A partir de agora a mobilidade e a dignidade estão garantidas”, declarou Felipe Camarão.

BNC Cidades

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.