CAXIAS – Em sessão ordinária da Câmara Municipal de Caxias, nesta quarta-feira (7), a vereadora Cinthia Lucena (PP) desqualificou discurso do colega Daniel Barros (PDT), que tentou apontar falhas da administração do prefeito Fábio Gentil (Republicanos) e mencionou episódios do passado sem nenhum fundamento.

A resposta de Cinthia Lucena à fala de Daniel Barros foi dura e certeira. A vereadora questionou o colega sobre sua atuação como secretário-adjunto de Saúde na gestão do ex-prefeito Léo Coutinho (2012-2016), quando houve o escândalo de ampla repercussão nacional envolvendo a Maternidade Carmosina Coutinho, vinculada á administração municipal, onde morreram quase 200 bebês e outros 20 ficaram cegos em um intervalo de menos de um ano, entre 2014 e 2015.

Vereador Daniel Barros obteve resposta à altura

A passagem de Daniel Barros como gestor da saúde municipal em Caxias foi marcada por outro episódio lamentável: o fechamento do Hospital Geral, medida da gestão dos Coutinhos que deixou a população à míngua, totalmente desassistida. Para alívio e felicidade dos caxienses, a unidade foi totalmente revitalizada pelo prefeito Fábio Gentil e transformada no Complexo Hospitalar Gentil Filho, que oferece ao povo atendimento médico em diferentes especialidades.

Terreno

Cinthia Lucena também rebateu factoide propagado por Daniel Barros sobre a doação de um terreno à família Gentil, onde está sendo instalado um posto de combustíveis. Ela lembrou ao colega que a área foi cedida pelo então prefeito Humberto Coutinho (falecido em 2018), com anuência da Câmara Municipal.

A vereadora ressaltou que ao mencionar a doação do terreno de forma deturpada, o vereador oposicionista desrespeita a memória de Humberto Coutinho e a sua própria esposa, a ex-vereadora Thaís Coutinho, que na época votou favoravelmente à doação do terreno.

Assista ao discurso:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.