BRASÍLIA – O presidente conta com a eleição de um aliado para tirar do papel pautas de costumes que foram até hoje barradas por Rodrigo Maia, como a ampliação do porte de armas, além da criação do voto impresso nas eleições.

Ao ouvir pergunta de um apoiador sobre a hipótese de adoção do voto impresso no Brasil, Bolsonaro voltou a relacionar eventual vitória de Lira para o comando da Mesa Diretora com negociações em torno de Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da deputada Bia Kicis (PSL-DF).

“Acabando as eleições, tem a PEC da Bia Kicis e a gente vai conversar com os dois presidentes da Câmara e do Senado para levar avante essa PEC para ver se a gente aprova o voto impresso”, relatou o presidente da República.

BNC Política

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.