GRANDE ILHA – Com a saída do Dep. Fed. Pedro Lucas Fernandes (PTB) da disputa à Prefeitura, caem para oito os pretendentes à cadeira de Edvaldo Holanda Júnior. Tentam se viabilizar ainda: no PCdoB, Júlio Pinheiro, Rubens Pereira Júnior e Duarte Júnior; no PSB, Bira do Pindaré; no DEM, Neto Evangelista; no Solidariedade, Helena Duailibe; na Rede, Jeisael Marx. O PT aguarda a orientação do Palácio dos Leões, enquanto se engalfinha no processo de eleição interna: o ex-vereador Kleber Gomes e vereador Honorato Fernandes aguardam decisão da Direção Nacional para confirmar quem levou a presidência do Diretório Municipal do PT de São Luís.

Com isso, Osmar Filho vai se consolidando. O PDT obteve o apoio aberto de Pedro Lucas Fernandes ao seu projeto de mais 4 anos na Prefeitura de São Luís (se vencer, chegará a 35 anos de poder na capital!). O PTB seguirá com Osmar Filho, ainda que a a Dep. Est. Mical Damasceno faça beicinho… Depois de declarar que o apoio dela ao PDT não estava fechado, ela anda mais preocupada em homenagear a Ministra da Família, Damares Alves. Será que Osmar Filho vai prestigiar a solenidade à ministra, que vem ao Maranhão receber uma medalha proposta pela deputada do PTB, a fim de unificar Mical e Fernandes em torno dele? A conferir.

Para Duarte Júnior, por sua vez, a vida não anda nada fácil. Em conferência interna, o PCdoB mais uma vez sinalizou a inclinação a Rubens Pereira Júnior. Resta saber se caberá (ao Dep Fed Márcio) a Jerry – presidente do PCdoB/MA – colocar o guizo no gato.

O fato é: de 11, restam agora oito no lado dos candidatos de Dino e Holanda Júnior.

PSOL QUERENDO SER GENTE GRANDE…
Na esquerda socialista, o PSOL deu o primeiro passo rumo a 2020. Lançou nas redes sociais uma campanha de filiação ao partido, protagonizada pelos seus principais quadros nacionais no Congresso. Deputados como Glauber Braga (RJ), Sâmia Bomfim (RJ), Ivan Valente (RJ), pedem diretamente aos simpatizantes do partido em São Luís que se filiem ao PSOL. “Contra essa extrema direita que quer impor uma agenda do arraso no Brasil, te convido a filiar ao PSOL”, conclama Glauber.

O PSOL tem dois nomes na mesa de discussão interna: o economista Luís Noleto, ex-presidente do Sindsalem, e o professor Franklin Douglas, doutor em Políticas Públicas. Ambos se dizem à disposição do partido. O PSOL também almeja chegar à Câmara Municipal de São Luís, algo que seria inédito na história do partido na capital.

BNC Política

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.