Reitora entrega o prédio de pós-graduação em Ciências Sociais

GRANDE ILHA – Ocorreu nesta sexta-feira, 6, a entrega do prédio de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Universidade Federal do Maranhão. Estiveram presentes a reitora Nair Portela, o vice-reitor Fernando Carvalho, o diretor do Centro de Ciências Humanas, Francisco de Jesus, o professor do PPPGSOC, Álvaro Pires, e Joanilda Martins, representante da Fundação Sousândrade.

O prédio, com aproximadamente 800 metros quadrados e que abrigará o Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPPGSOC), que atualmente funciona em diferentes locais da Universidade, dispõe de oito salas de pesquisa, um laboratório de informática, acervo etnográfico, sala multimídia, sala de reunião e banheiros, já com acessibilidade. A Fundação Sousândrade foi responsável pela gestão administrativa dos recursos, que envolvem tanto a construção como a compra de equipamentos do projeto.

Segundo a reitora Nair Portela, a obra, que contou com recursos do CT-Infra, visa beneficiar os programas de pós-graduação que têm tido um crescimento considerável na Universidade. “Em meio à crise por que estamos passando, este é um momento extremamente importante para a UFMA. Os programas estão crescendo e necessitando de espaços para estudos e pesquisas. A Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Inovação já estava na luta para conseguir esses recursos, que são fundamentais para a expansão dos programas de pós-graduação, e agora estamos realizando este sonho”, afirma.

O mestrado em Ciências Sociais da UFMA funciona há mais de 10 anos, sendo, portanto, um programa consolidado. Já o doutorado está em seu quarto ano. A expectativa é que, com a melhoria das condições de trabalho e a ampliação dos espaços de pesquisas, a UFMA possa aumentar seu conceito perante a CAPES. “Esta obra vai atender principalmente ao nosso programa de pós-graduação em Ciências Sociais e com certeza possibilitará que o Programa tenha condições de ampliar o seu conceito e, quem sabe, futuramente nós tenhamos outro programa com o conceito 5 ou 6, já que, atualmente, só temos o de políticas públicas que possui um nível de excelência”, é o que diz o vice-reitor e pró-reitor de pesquisa, pós-graduação e inovação, Fernando Carvalho Silva.

De 2008 até agora, já foram onze obras finalizadas com os recursos do CT-Infra, e todas destinadas à pesquisa, pós-graduação e inovação da Universidade. A inauguração do prédio está prevista para março.

BNC Educação

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*