QUE EXEMPLO! Mulher de ministro do TSE registra queixa contra ele

BRASÍLIA – A dona de casa Élida Souza Matos registrou nesta sexta-feira uma ocorrência numa delegacia de Brasília acusando o marido, o ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Admar Gonzaga, de agressão. Pelo cargo que ocupa, ele tem foro privilegiado para ser processado apenas no Supremo Tribunal Federal (STF). Assim, o caminho natural é que a queixa siga para a corte. Antônio Carlos de Almeida Castro, advogado de Admar, diz que o episódio não passou de um desentendimento e que Élida já está registrando uma retratação na delegacia.

Parece que o caso seria normal, mas não é bem assim, afinal um ministro da corte eleitoral tem que dá exemplo para a sociedade. O fato chamou bastante à atenção da imprensa e repercutiu muito mal no meio do judiciário, é bom que ele se explique para a sociedade, pois o seu ato foi bastante inconivente isso mostra a hipocrisia constante que está alastrada no Brasil. 

“O casal Élida Souza Matos e Admar Gonzaga Neto lamenta profundamente e pede desculpas a seus familiares e amigos pelo incidente ocorrido, que não passou de um desentendimento, com exasperação de ambos os lados. Esclarece ainda que o fato noticiado pela imprensa está sendo tratado pelo próprio casal estritamente no âmbito familiar e que buscará o melhor entendimento e o pleno resguardo da integridade de ambos. Nesse momento delicado, pede a todos e todas compreensão e que respeitem a intimidade e a privacidade do casal”, afirmou Kakay em nota.

Essa chaga que vai do mais simples até ao cidadão que deveria ser um zelador da lei.

Com Informações de O Globo

BNC Geral

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*